ATENDIMENTO ONLINE

Teresina, 25 de Março de 2017

Notícia Ver todas

Strans terá talonário eletrônico e sistema de multas desenvolvidos pela Prodater

01/06/2015 - 13h06
Reunião na STRANS

A Prefeitura de Teresina está implementando um sistema informatizado para a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) para aplicação de autos de infração e gestão de multas. A Empresa de Processamento de Dados de Teresina (Prodater) é a responsável pela execução dos projetos, cuja apresentação foi realizada na manhã desta sexta-feira (29), em um encontro com as equipes da Strans e Prodater.

O sistema do talonário eletrônico já foi desenvolvido e a expectativa é que comece a funcionar ainda no segundo semestre deste ano. Segundo o gerente de Desenvolvimento da Prodater, Luís Faustino Júnior, a iniciativa  vai uma modernizar o trabalho dos agentes de trânsito. “Os autos de infração passarão a ser lavrados por meio de um aplicativo baixado no smartphone. Hoje esse processo é feito em talões de papel”, explicou ele, acrescentando que o próximo passo será a homologação do sistema junto ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).
A outra novidade é o sistema de gestão de multas. O programa foi iniciado ainda em 2014 com o objetivo de possibilitar uma melhor gestão e controle de multas, com comunicação de dados automatizados junto ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O sistema possibilitará ainda o conhecimento e acompanhamento de todas as etapas e cronogramas dos autos de infração. “Assim, o usuário que tiver cometido alguma infração possa fazer a impressão da segunda via da sua infração e do boleto pela internet”, completou.
Faustino Júnior ressalta que esse trabalho era feito anteriormente por uma empresa terceirizada e que agora será feito diretamente pela Prefeitura. “Com o sistema, a Strans terá o domínio sobre todo o processo de gestão dos autos de infração”, frisou.
Recentemente, a Prodater já havia desenvolvido o sistema de informatização dos arquivos impressos da Strans. “Foi um projeto desenvolvido criado com o objetivo de facilitar a localização de um processo da Superintendência relacionado aos autos de infração. O sistema mostrava onde o processo estava e é facilmente localizado”, finaliza.